Por que as cartas de amor foram extintas?

Há anos venho me perguntado aonde foram parar as pessoas que escrevem cartas de amor. E não entenda cartas de amor como mensagens via Whatsapp ou enormes declarações no Facebook. Estou falando das boas e velhas cartas escritas à mão em uma folha de papel qualquer, com marcas de tinta, alguns amassados e, quem sabe, até respingos de lágrimas também.

Não encontro essas pessoas em lugar algum, talvez elas realmente tenham entrado em extinção. Por quê?

Grandes filmes ainda insistem em me apontar a importância dessas cartas para o desenrolar de um bom romance. “Cartas para Julieta”, “O Diário de Uma Paixão”, “Querido John”, e tantos outros… Estes e vários outros enredos já me comprovaram que uma boa carta de amor pode alterar o rumo de uma grande história. Mesmo assim, me parece que com as novas facilidades apresentadas pela internet, ninguém mais tem interesse em gastar um tempinho escrevendo uma declaração à mão.

Afinal, talvez as cartas de amor tenham sido extintas porque hoje é muito mais fácil se declarar enviando uma mensagem ou postando uma foto no Facebook. O cenário atual é diferente de anos atrás, quando toda essa tecnologia não existia e as pessoas realmente precisavam das cartas para se comunicarem. De qualquer forma, a sociedade deixou o amor tomar caminhos tão tortuosos nos últimos anos, que suponho que muitas das facilidades no âmbito dos relacionamentos também tenham contribuído para a extinção das cartas. Estas exigem tempo e reflexão, coisas que praticamente não existem mais na sociedade do “aqui e agora”.

Acredito que eu seja uma das últimas desta geração que ainda vê beleza em uma carta. Não há nada mais mágico do que realmente sentir a pessoa que escreveu bem perto de você, seja por meio de sua caligrafia que pode até apontar suas verdadeiras emoções, como pelo fato de saber que aquela mesma folha de papel estava nas mãos da pessoa que a enviou. Sem padrões nem frases prontas, as cartas entregam o verdadeiro sentimento diretamente em suas mãos.

É o sentimento de duas pessoas eternizado através dos anos. Existe algo mais belo do que isso?

Anúncios

Escrito por

Criadora do Para Preencher e autora do romance "Lola & Benjamin", acredita que as palavras têm poder próprio e são capazes de transformar, inspirar e libertar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s