O que aprendi com meu coração partido

Dizem que escritor bom é aquele capaz de se despir completamente quando escreve. Sem receios, medos, e muito menos vergonha. Até porque, para falar de sentimentos, é preciso estar completamente nu. Então aqui vai uma boa dose de nudez sobre corações partidos.

Eu, assim como todas as outras pessoas desse mundo, tenho meus sonhos e desejos. E eu, assim como tanta gente, já vi muitos deles se perderem por ai…  Quando o assunto é amor então, tem história de sobra. Já tive meu coração partido um milhão de vezes, mas também já me dei ao luxo de partir alguns no meio do caminho. Como dizem por ai: tudo que vai, volta.

Mas, afinal, o que eu aprendi com meu coração partido? Que apesar de não terem inventado uma cola para juntar todos os pedacinhos, ele sempre acaba dando um jeito de voltar para o lugar.

Não garanto que seja rápido, nem que fique perfeito, mas tenho certeza de que ele vai se reerguer. Não garanto que volte a ser como antes, aliás, preciso te dizer que as chances disso acontecer são bem pequenas. Se você é daqueles que já teve o seu coração partido diversas vezes então entenderá do que estou falando. Não existe coração capaz de se partir e voltar a ser o que era antes da queda.

A verdade é que ninguém realmente entende o que é terminar um relacionamento até passar por essa experiência. Ninguém entende a sensação de ter o seu coração partido até sentir na própria pele. Só quando acontece com a gente que percebemos como é necessário deixar uma parte de nós ir embora com a pessoa que se foi. E, assim, nos transformamos por inteiro. Isso porque tudo o que fomos com aquela pessoa, jamais seremos com outro alguém. Depois disso, qualquer um que entrar pela nossa porta conhecerá um novo “eu”. Nem melhor, nem pior. Apenas renovado.

Aos poucos os pedacinhos vão se reencontrando e o seu coração começa a voltar a funcionar normalmente. Ficam as marcas, as mágoas, os receios e, algumas vezes, até os arrependimentos. Não se engane não, ele jamais será como antes. Afinal, essa foi a maior lição que eu tirei de todos os meus corações partidos: é preciso aprender a lidar com as suas cicatrizes, pois elas nos acompanharão pelo resto de nossas vidas.

Anúncios

Escrito por

Criadora do Para Preencher e autora do romance "Lola & Benjamin", acredita que as palavras têm poder próprio e são capazes de transformar, inspirar e libertar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s