Eu não consigo imaginar a minha vida sem você

Não, esse texto não é sobre um amor não correspondido. Esse texto é sobre o maior que existe nesse mundo e que, com certeza, é correspondido: o amor de mãe.

Mesmo esse amor sendo tão grande, às vezes, sem nem nos darmos conta, nos esquecemos de nossas mães. Com a correria do dia a dia, os problemas no trabalho, as festas com os amigos, vamos deixando nossas mães para depois. Afinal, elas sempre estarão lá, não é mesmo? Mãe é mãe. Está sempre esperando por nós.

Há alguns anos não conseguia entender muito bem esse tal de amor de mãe. Hoje é um pouco mais claro pra mim. Por que elas são tão preocupadas com coisas que achamos tão simples? Por que elas ficam nervosas se não avisamos que chegamos em casa depois da balada? Por que elas querem saber direito quem são os nossos amigos? Por que mães são assim? É difícil para nós, filhos, entendermos isso. Mas hoje eu enxergo os motivos de tanta preocupação.

Ser mãe deve ser coisa de outro mundo. Para começar, nós saímos de dentro delas. Acho que não paramos muito para pensar no quão maluco isso é. Mãe cria essa conexão com o filho desde o comecinho de tudo. E quando elas finalmente seguram com as mãos o bebê que carregaram por nove meses, devem sentir uma das coisas mais maravilhosas e estranhas do mundo. Amor de mãe é incondicional justamente por isso. É muito amor, muito cuidado, muita preocupação desde o começo de tudo.

Bom… Crescidos, os filhos querem seguir seus próprios caminhos, descobrir o mundo com os próprios pés. E é nesse momento que várias coisas começam a ocupar o nosso tempo e, mesmo sem querer, deixamos nossas mães de lado. Às vezes, passamos uma semana inteirinha sem nem falarmos direito com ela, porque estamos cansados demais, temos coisas mais importantes para resolver, e por ai vai… Temos essa falsa sensação de que elas sempre estarão lá nos esperando.

Quer saber a real? Infelizmente, mães não são eternas. Assim como qualquer outra pessoa, um dia elas também irão embora fisicamente… No entanto, mesmo sabendo disso, eu não consigo imaginar a minha vida sem você, mãe. Eu também tenho essa sensação de que você é eterna. Acho que porque simplesmente não dá para imaginar uma vida sem você me alertando para dirigir com cuidado, pedindo para avisar quando chegar da balada de madrugada, perguntando como foi meu primeiro dia de trabalho, me aconselhando a sempre manter dez olhos abertos com os amigos, me incentivando a ir atrás dos meus sonhos e ser sempre uma pessoa melhor.

Hoje, eu sei que você não é eterna, mas eu não gosto de imaginar como seria uma vida sem você, pois com certeza não seria tão cheia de amor. Olha, mãe, eu sei que, às vezes, nós filhos ficamos estressados e sem paciência, mexemos muito no celular e deixamos pra conversar com você depois, ficamos o fim de semana todo fora com os amigos, nos esquecemos de avisar as coisas… Eu sei que às vezes a gente não retribui todo esse amor e dedicação que você dá pra gente desde o nosso primeiro respiro. Mas, mãe, eu posso dizer por todos os filhos que existem que nós amamos você com tudo o que há dentro de nós.

Afinal, enquanto tantas pessoas vêm e vão, você é a única que fica. Então, mãe, não importa o que aconteça no futuro, para mim o seu amor será eterno mesmo quando você não estiver mais aqui fisicamente… A verdade é que eu não consigo e nem quero imaginar a minha vida sem você, porque simplesmente não faz sentido imaginar uma vida sem a pessoa que me ensinou tudo e me fez ser exatamente quem eu sou hoje. 

Obrigada, mãe. 

Anúncios

Escrito por

Criadora do Para Preencher e autora do romance "Lola & Benjamin", acredita que as palavras têm poder próprio e são capazes de transformar, inspirar e libertar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s