Hoje eu queria estar em Paris

Hoje eu queria estar em Paris. Queria andar pelas ruas estreitas de Montmartre sem me preocupar com mais nada além da caricatura que um artista de rua faria de mim num momento oportuno.

Hoje eu queria estar em Paris. Queria caminhar lentamente pela catedral de Notre Dame, notando cada um dos detalhes que deixei passarem despercebidos em minha primeira visita. Ficaria horas na minha livraria preferida, “Shakespeare and Company”, e aproveitaria para cheirar alguns livros. Compraria um exemplar de algum escritor renomado e o colocaria na prateleira do meu quarto junto de tantos outros clássicos da literatura.

Hoje eu queria estar em Paris. Queria simplesmente entrar numa brasserie qualquer, pedir a coisa mais gostosa do cardápio e degustar como se aquela fosse a minha última refeição nesse planeta. Observaria os franceses fumando um cigarro, enquanto tomam um café e sentem o vento gelado bater em seus rostos. Ficaria horas sentada naquela brasserie, apenas vendo a noite cair e as luzes tomarem conta da cidade.

Hoje eu queria estar em Paris. Queria andar sem rumo por aquelas ruas, me deixando perder pelas pontes que interligam todos os cantos da cidade. Olharia com calma a arquitetura de cada prédio, de cada construção e, mais uma vez, ficaria encantada.

Hoje eu queria estar em Paris. Queria admirar mais uma vez a magnífica Torre Eiffel, imaginando quantas pessoas sonham em conhecer aquele monumento e agradecendo pela sorte de poder desfrutar daquela sensação. Sentaria no jardim ou num banco qualquer enquanto escreveria um poema sobre o quanto aquele lugar me fascina.

Hoje eu queria estar em Paris. Não só hoje, mas amanhã e na semana que vem também. Por algum motivo, queria viver em Paris, fosse por um mês ou um ano. Queria entender como é ter a chance de vivenciar todos os dias um lugar que parece ter sido feito exatamente para mim. Hoje eu queria estar em Paris… Ah, como eu queria estar em Paris…

Anúncios

Escrito por

Criadora do Para Preencher e autora do romance "Lola & Benjamin", acredita que as palavras têm poder próprio e são capazes de transformar, inspirar e libertar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s