Coisas que aprendi em 2016

Ouvi muita gente reclamando sobre 2016, mas como já disse algumas vezes aqui no blog, foi um ano realmente muito bom para mim. Foi pensando nisso que resolvi escrever uma pequena lista com as principais coisas que aprendi no ano passado – tenho certeza de que alguns irão se identificar, afinal, apesar das diferenças somos todos meio parecidos, né?

1.Viajar abre a cabeça (e vicia)

Foi em 2016 que fiz a viagem que mudou minha maneira de enxergar o ato de viajar. Percebi que muito mais do que fazer compras e conhecer a história local dos lugares que visitamos, ir para outras cidades, estados ou países proporciona uma viagem dentro de nós mesmos. Foi meio doido como me senti na Itália e França… Nunca tinha visitado lugares como aqueles e confesso que fiquei viciada neles.

2.Guardar dinheiro é muito importante

No final de 2015 me formei na faculdade e fiquei alguns meses procurando por emprego. Foi difícil precisar contar cada centavo da minha poupança para “sobreviver”. Em meio a um momento de crise econômica, assim que consegui meu emprego jurei pra mim mesma que todo mês iria guardar uma certa quantia de dinheiro. Não é nada fácil, mas criei a consciência do quanto isso é importante, seja a curto ou longo prazo. Afinal, nunca sabemos o dia de amanhã.

3. É possível realizar sonhos que parecem impossíveis

Todo mundo tem aquele sonho na gaveta, aquele sonho que não tenta realizar porque acha que é completamente impossível. O meu era escrever um livro e em 2016 aprendi que por mais maluco que parecesse, era sim possível escrever e publicar o meu livro. Por isso, agora toda vez que alguém me conta que tem um “sonho impossível” eu incentivo a pessoa a ir até o fim, pois tenho certeza de que ele não é tão impossível assim.

4. Trabalhar é só mais uma das coisas que precisamos fazer

Nem todo mundo é 100% feliz com o seu trabalho. Aliás, suspeito que MUITA gente não seja. Mas o que eu aprendi foi que tudo bem, o mundo não vai acabar e é preciso respirar fundo porque aquilo não precisa durar para sempre. O trabalho é uma obrigação e por mais que tenhamos a mania de tentar unir dever à diversão, nem sempre o ato de trabalhar será tão prazeroso assim. Não precisamos nos cobrar tanto, o melhor a fazer é respirar fundo e dar um passo de cada vez.

5. Tudo (ou quase tudo) na vida é passageiro

Começamos o namoro e achamos que será eterno, terminamos o namoro e achamos que nunca mais vamos amar ninguém, nos sentimos frustrados com a vida profissional e temos certeza de que estamos presos à infelicidade… Em 2016 percebi que não é bem assim. Tudo é passageiro, pois a vida é feita de momentos. Não temos 100% de certeza sobre as coisas porque tudo pode mudar a qualquer instante. Por mais que a gente queira controlar tudo, isso é impossível. A única coisa que podemos fazer é simplesmente deixar acontecer.

6. A ansiedade é o mal do século

Sou o tipo de pessoa que fica ansiosa até se o email de confirmação da compra do meu ingresso de cinema não chega na minha caixa de entrada. Não é nada saudável ser assim e aprendi que ser ansioso em alguns momentos não me leva a lugar nenhum, só me faz ter mais problemas no estômago e ficar remoendo coisas desnecessárias em minha cabeça. Não que seja fácil, mas estou tentando melhorar isso.

7. Se apaixonar é uma das coisas mais imprevisíveis da vida

Em algum momento da vida todo mundo quer se apaixonar. Quando sofremos uma grande desilusão amorosa, a única coisa que fazemos é nos lamentar e ter aquela sensação de que nunca mais vamos amar alguém. Nada disso, se apaixonar é algo completamente imprevisível e que, normalmente, nos pega de supetão. E é exatamente por isso que é tão bom, pois se fosse possível programar algo desse tipo, o ato de se apaixonar perderia completamente a sua mágica. Quer se apaixonar? Não espere por isso. Vai acontecer quando você menos espera.

8. Paz de espírito é algo extremamente importante para se sentir bem e feliz

Buscamos dinheiro, sucesso profissional, viagens, amor e mais um monte de coisas, mas nos esquecemos de um item básico: paz de espírito. Sabe aquela agonia invisível que te atormente constantemente? Aquela “dor no coração” que te faz mal todo santo dia? Isso é falta de paz de espírito. Não sei dizer qual é a receita ideal para encontrá-la, pois acredito que cada um tenha uma fórmula própria, mas sempre recomendo um momento introspectivo recheado daquilo que mais te faz bem. A verdade é que só quando encontrar a sua paz de espírito que irá se sentir pleno e feliz.

9. Fazer esportes é essencial para se sentir disposto

Em 2016 falhei no item saúde do corpo. Confesso que deixei de lado os esportes em prol de outras prioridades. Cheguei em 2017 me sentindo cansada e com o corpo todo “duro”. Minha única certeza foi que preciso mais do que nunca me exercitar, principalmente porque fico o dia inteiro sentada no trabalho. Esportes fazem a gente se sentir bem, além de ajudarem a extravasar.

10. Crescer parece cada dia mais difícil, mas é uma eterna descoberta

Quando eu era criança só queria crescer e me tornar independente. Hoje, por mais que adore minha vida acima dos 20 anos, sinto uma falta da minha infância… Vejo as crianças brincando no parque e me lembro das brincadeiras no jardim de casa com a minha irmã. Às vezes, só quero voltar no tempo, comprar gibis da Turma da Mônica, brincar de boneca e passar as férias de janeiro na praia com a minha família. Crescer é difícil, desafiador e extremamente assustador, mas não deixa de ser uma grande descoberta da qual não podemos fugir. Afinal, ninguém pode ser o Peter Pan para sempre, né?

Anúncios

Escrito por

Criadora do Para Preencher e autora do romance "Lola & Benjamin", acredita que as palavras têm poder próprio e são capazes de transformar, inspirar e libertar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s