Anúncios
Literatura e Escrita

Como se tornar escritor: 8 dicas que você precisa conferir!

Recebo várias mensagens de pessoas me perguntando como se tornar escritor, mas a verdade é que não existe uma única resposta.

Quando me perguntam algo sobre esse assunto, fico feliz, pois significa que estou fazendo um bom trabalho. Digo isto porque, por muito tempo, eu sofria com o medo de me assumir como escritora.

Hoje, sei que a fortalecer a minha imagem como escritora, estou também ajudando outras pessoas a seguirem esse caminho.


Leia também: Carreira de escritor: conheça 5 mitos sobre a profissão


Não existem fórmulas prontas sobre como se tornar escritor, mas com certeza posso dar algumas dicas baseadas na minha experiência que poderão ser úteis para quem está pensando em trilhar essa profissão.

Como se tornar escritor?

Em seguida, você terá acesso a dicas que considero valiosas, mas seja criterioso o suficiente para analisar o que faz e o que não faz sentido para você.

Afinal, eu não sou dona razão, apenas estou compartilhando um pouco do meu conhecimento com quem também admira tanto a carreira de escritor!

1. Aceite a sua decisão

Este é o primeiro passo, pois enquanto você não aceitar que é um escritor, dificilmente os outros te reconhecerão também.

Com isso, quero dizer que você deve se apresentar como escritor(a) para as pessoas, mas precisa estar preparado para os questionamentos. Muitos perguntarão se é só isso o que você faz e será necessário explicar que você também tem outra ocupação.

Eu falo mais sobre este ponto em meu curso, Carreira de Escritor, pois é muito importante entender como conciliar a sua renda com a profissão literária.

Esse processo de autoaceitação não é simples e nem fácil, mas precisa acontecer em algum momento, pois não dá para viver escondendo a sua essência pelo resto da vida. Se tiver muita dificuldade, procurar a ajuda de um psicólogo para trabalhar esse processo pode ser uma boa ideia.

2. Leia muito

Todo mundo precisa ler, mas os escritores principalmente. Quem quer aprender como se tornar escritor deve saber que é importante ler de tudo um pouco e não ficar preso à sua zona de conforto.

Vá atrás de livros ganhadores de prêmios, mas também não deixe de ler autores brasileiros iniciantes, ou seja, dê espaço para a diversidade na sua estante.

A leitura, além de ser muito inspiradora, vai te ajudar a escrever melhor. Isso porque é lendo que se aprende. Se você tem dúvidas sobre como descrever personagens de forma mais intrigante, por exemplo, deve ler livros que sejam referências nisso para usar de base.

Toda a literatura que já existe está disponível para que você estude e se inspire.

3. Estude a língua portuguesa

Não há como negar que, apesar de bela, a língua portuguesa é cheia de pegadinhas. É realmente difícil escrever tudo de forma perfeita, sem nenhum errinho.

Está tudo bem, pois é para isso que existem pessoas especializadas em revisões ortográficas. No entanto, isso não significa que como escritor você deva ignorar completamente as regras do idioma e escrever tudo de qualquer jeito.

É preciso estudar o mínimo para escrever corretamente e sempre buscar auxílio quando tiver alguma dúvida, afinal, é a sua imagem como escritor que está em jogo.

4. Conheça o mercado literário

Se o seu objetivo é aprender como se tornar escritor, preste bastante atenção nesta dica.

Do mesmo jeito que um publicitário precisa saber como é o meio de agências e clientes e quais são os processos da profissão, um escritor também precisa aprender sobre o seu mercado.

A diferença é que não existe um curso universitário para se tornar escritor, portanto, você terá que aprender tudo com a ajuda de outros escritores, do Google e de cursos livres.

É bem importante conhecer os processos de publicação e divulgação de um livro antes de embarcar nesta jornada. Por mais que algumas coisas você aprenda enquanto estiver fazendo, é importante ir se aprofundando em todas as possibilidades.

Quanto mais informações você absorver, mais aprenderá sobre o meio e poderá fazer escolhas certeiras. Portanto, a dica é também procurar conversar com quem já vivenciou o processo.

No meu curso online, Carreira de Escritor, eu conto sobre o processo de publicação e divulgação de um livro, com dicas práticas e baseadas na minha experiência também!

5. Aprenda a ouvir “não” e receber críticas

Profissionais de todas as áreas devem aprender a ser recusados, no entanto, para os escritores isso deve acontecer mais vezes, pois não é fácil convencer as pessoas de que devem apostar no seu trabalho.

Caso deseje publicar livros com grandes editores, precisará ser muito resiliente e persistente, visto que não é uma tarefa simples.

Além disso, como se já não bastasse receber tanto “não”, escritores também precisam estar preparados para receberem críticas, sejam estas positivas ou negativas.

Quando não forem tão boas assim, é necessário aprender a absorver apenas aquilo que faz sentido para você, afinal, as pessoas têm o direito de não gostarem do seu trabalho, mas isso não quer dizer ele seja ruim.

Por outro lado, é também preciso estar pronto para ouvir as críticas construtivas, que podem doer um pouco no início, mas são muito importantes para você se desenvolver e evoluir como escritor.

Mantenha o coração aberto, escute com atenção e sempre analise o que vale a pena e o que não vale a pena levar com você. Escritores não vivem apenas de críticas boas.

6. Trabalhe a sua imagem no mundo digital

Com a evolução da tecnologia e o crescimento das redes sociais, por um lado ficou mais fácil criar uma comunidade de fãs, pois a internet permite que você tenha um alcance enorme.

No século XXI, para crescer como escritor vale muito a pena investir na sua imagem no mundo digital. Com isso, quero dizer que é importante criar um blog e publicar com consistência a fim de criar uma boa audiência.

Com o tempo e se o trabalho for bem feito, a tendência é que você crie uma base de leitores que se tornam grandes fãs. Assim, quando você publicar seus livros já terá várias pessoas ansiosas para a leitura.

Além disso, ao se apresentar para uma editora pode ser interessante ressaltar que você possui uma autoridade digital, pois isso demonstra maior credibilidade e possibilidade de lucros para a editora.

No meu curso online, Carreira de Escritor, dou dicas aprofundadas sobre como criar a sua autoridade digital e por que isso é importante para a sua profissão no meio literário.

7. Busque desenvolver a sua escrita

Outro ponto super importante é procurar formações complementares, como cursos e oficinas. Por mais que não seja obrigatório, vale a pena investir no desenvolvimento da sua escrita.

Cursos e oficinas podem ser ótimos para aprofundar seu conhecimento, trocar experiência com outros escritores e ficar antenado em relação às novidades do setor.

8. Escreva

Pode parecer uma dica boba, mas na verdade é o que falta para muita gente. A carreira de escritor acaba sendo muito idealizada e quando chega a hora de escrever, as pessoas travam.

Não é tão simples como parece, mas também não é uma tarefa impossível. O importante é aprender a lidar com bloqueios criativos, estruturar uma rotina de escrita e traçar alguns objetivos.

Quando estiver planejando escrever um livro, por mais que não existam fórmulas prontas, existe um passo a passo que pode te auxiliar (falo mais sobre isso no meu curso online).

Apesar de tudo isso que citei anteriormente, um escritor só é um escritor se ele escreve, portanto, é preciso dedicar um bom tempo em frente ao computador para tornar as suas ideias em livros de verdade.

Quer aprender mais? Conheça o curso Carreira de Escritor

Se você curtiu o artigo e se identificou, mas quer saber mais sobre como se tornar escritor, a minha dica final é se inscrever em meu curso online, Carreira de Escritor.

Ele foi criado com o objetivo de auxiliar escritores iniciantes a mergulharem nos desafios e dilemas desta profissão.

Após a publicação do meu primeiro romance, “Lola & Benjamin”, e com mais dois livros no forno, achei que era o momento de compartilhar com outras pessoas todos os meus aprendizados e ajudar a direcionar novos escritores.

O curso conta com mais de 30 videoaulas e o acesso é vitalício. Além de tudo, você terá acesso a uma lista de profissionais (revisores, ilustradores, diagramadores), cursos, oficinas, livros – tudo isso para te ajudar a se desenvolver e tornar seus projetos literários realidade!

Se você ficou curioso e quer conhecer mais sobre o curso Carreira de Escritor, clique aqui!

Anúncios

Criadora do Para Preencher e autora do romance "Lola & Benjamin", acredita que as palavras têm poder próprio e são capazes de transformar, inspirar e libertar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *