Anúncios
livros-sobre-escrita
Literatura e Escrita

Livros sobre escrita: 5 dicas de leituras para 2020

Uma das formas de se desenvolver como escritor é lendo livros sobre escrita. Existem diversas obras de autores renomados que têm como objetivo ajudar escritores iniciantes.

Seja por meio de dicas práticas e mais técnicas ou por meio do compartilhamento de experiências, os livros são um universo rico e cheio de aprendizados. Por meio da leitura, podemos aprender mais sobre a rotina de outros escritores e aprofundar nosso conhecimento sobre a profissão.

Em 2020, tenho como meta ler mais livros sobre escrita, pois eles têm me ajudado bastante a me desenvolver. Portanto, com o objetivo de ajudar outros escritores, construí essa pequena lista com 5 dicas de leituras!

Alguns já li e outros estão na minha listinha deste ano, mas tenho certeza de que mesmo aqueles que ainda não conheço são muito bons também.

5 livros sobre escrita para ler em 2020

1. Romancista como Vocação, de Haruki Murakami

Quem me conhece sabe que esta obra mexeu comigo. Não tinha grandes expectativas quando iniciei a leitura, mas o escritor japonês me cativou.

O estilo de escrita de Murakami me atraiu bastante e os ensinamentos ao longo do livro contribuíram muito para a minha jornada. O autor fala tanto sobre questões emocionais quanto mais técnicas, dando dicas práticas baseadas na sua experiência.


Leia também: 10 ensinamentos incríveis de Haruki Murakami para todos os escritores


Este é um dos livros sobre escrita que me acolheu como um quentinho, pois me identifiquei muito com o escritor. Indico de olhos fechados, independentemente de qual for a sua fase como profissional na área literária.

2. Sobre a Escrita, de Stephen King

Depois de muito tempo prometendo que iria ler, finalmente concluí a leitura desta obra fenomenal e muito aclamada de Stephen King, que foi eleita pela “Time Magazine” um dos 100 melhores livros de não ficção.

A primeira parte do livro é chamada de “Currículo”, na qual o autor conta um pouco sobre a sua história, desde a infância até o início da carreira literária e momentos difíceis que enfrentou por conta do alcoolismo.

Em seguida, o autor abre o jogo e fala de maneira crua e verdadeira sobre a escrita em si, dando dicas valiosas tanto para os iniciantes quanto para quem já tem mais bagagem.

Aprendi muita coisa nova, mas também reforcei algumas ideias e hábitos que já tinha. É claro que nem sempre concordei com tudo o que King pontua, mas mesmo as opiniões divergentes acrescentam bastante.

O autor fala sobre hábitos de escrita, rotina, publicação e também dá dicas bem práticas mais voltadas para vocabulário, gramática, estilo, diálogos, revisões e muito mais.

3. Ernest Hemingway on Writing, de Ernest Hemingway

Um dos livros sobre escrita que eu não conhecia e fiquei muito feliz em adquirir quando visitei a casa em que Ernest Hemingway morou em Key West, nos Estados Unidos.

A obra é em inglês e tem um preço um pouco mais alto, mas com certeza vale a pena (principalmente para quem é fã do escritor americano).

O livro conta é composto apenas por reflexões de Hemingway, ou seja, pequenos recortes de cartas e entrevistas do autor ao longo de sua trajetória.

Não é um livro com dicas práticas tão escancaradas como o de Stephen King, mas é possível pescar algumas informações valiosas sobre a vida de um escritor e o seu ofício. Acima de tudo, é uma obra inspiradora.

4. Cartas a um jovem escritor e suas respostas, de Fernando Sabino

Ainda não li, mas a obra já está na minha lista de livros sobre escrita de 2020. O interessante é que se trata de uma troca de cartas entre Fernando Sabino e Mário de Andrade, dois grandes nomes da literatura brasileira.

As cartas trazem ensinamentos que Mário de Andrade compartilhou com Fernando Sabino que, na época, tinha apenas 18 anos, e tiveram grande influência em sua vida e na sua literatura.

A troca de correspondência aponta como nasceu uma amizade entre os dois escritores, que durou muito anos, até a morte de Mário de Andrade. Pelo o que li a respeito da obra, o diferencial deste livro é que ele permite que nós tenhamos acesso às dúvidas e anseios de Fernando Sabino, que era então um escritor iniciante.

5. Correspondências, de Clarice Lispector

A obra “Correspondências” permite que os leitores mergulhem na intimidade da grande escritora, Clarice Lispector.

As 129 cartas divulgadas neste livro revelam os enfrentamentos cotidianos da autora – há troca de correspondências com outros escritores, familiares, artistas e intelectuais (Fernando Sabino, Manuel Bandeira e Fernanda Montenegro são alguns dos nomes).

Por meio das cartas é possível conhecer um pouco mais profundamente a vida, anseios e a produção literária de Clarice.

Para quem é fã da autora, não tenho dúvidas de que este é um livro enriquecedor. Ainda não li, mas como gosto bastante de Clarice Lispector, quero com certeza terminar o ano com esta leitura concluída.


Curtiu as dicas de livros sobre escrita? Então não se esqueça de que você pode conferir muitas outras dicas e ter acesso a diversos aprendizados no meu curso online Carreira de Escritor!

O curso é totalmente online e tem como objetivo ajudar escritores iniciantes a alavancarem seus projetos literários e se firmarem como escritores.

Clique aqui para saber mais e garantir a sua vaga!

Anúncios

Criadora do Para Preencher e autora do romance "Lola & Benjamin", acredita que as palavras têm poder próprio e são capazes de transformar, inspirar e libertar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *